Pule o Carnaval de um jeito sustentável


Foto: iStock

Faltam poucos dias para o início do Carnaval (5/3). Já preparou a sua fantasia? Está pronto para festejar? A tradicional festa está no coração não só dos brasileiros, mas também de turistas do mundo inteiro. E não é por menos, Carnaval é sinônimo de alegria e curtição, desejamos que o seu feriado seja acompanhado de tudo isso, e também de sorrisos e bons amigos. Mas não esqueça de curtir com responsabilidade. Que tal cair na folia de forma consciente? Muitos hábitos comuns da data trazem problemas para o meio ambiente, para você e para as pessoas ao seu redor. Anote algumas dicas e aproveite os dias de festa com a consciência tranquila:

– Leve seu copo ou garrafa: todo o fim de festa é a mesma história, lixeiras transbordando ou, ainda pior, milhares de copos descartáveis espalhados pelo chão. Além de contribuir para a produção de lixo, o plástico leva em média 450 anos para se decompor. Mesmo após a decomposição, os materiais derivados do petróleo nunca se degradam por completo, eles se quebram em pequenos pedaços, chamados de microplástico, que são levados ao oceano. Esse microplástico impacta a vida dos animais marinhos e também pode ser responsável por levar toxinas ao corpo humano, já que é encontrado na água de torneira e engarrafada. Para o Carnaval, leve a sua própria garrafa ou caneca e reutilize. Produtos de metal, quando de boa qualidade, são uma boa opção porque não quebram.

– Jogue lixo no lixo: se não puder evitar o consumo de lixo, pelo menos jogue os restos nos locais adequados. O feriado ainda nem chegou e já estamos vendo as ruas com resíduos de ponta a ponta. O lixo jogado nas vias entope buracos e aumenta os riscos de enchentes. Além de ser totalmente prejudicial para a saúde. Então, nada de deixar seu lixo por aí.

– Maquiagem e fantasia: antes de comprar uma nova fantasia, verifique se é possível reutilizar uma antiga ou aproveitar peças do vestuário. Quanto à maquiagem, escolha por marcas sustentáveis. Além de não contarem com aditivos químicos, como conservantes que agridem o meio ambiente, também não são testadas em animais e são hipoalérgicas.

– Glitter: esse já é um tema polêmico do Carnaval. Não é por menos, Carnaval é popularmente conhecido por uma festa com muito brilho e glitter. Infelizmente, esse produto também se encaixa no grupo dos microplásticos e não é nada legal com o meio ambiente. Não se desanime se você fizer questão dele para a sua festa, apenas procure no mercado pela opção biodegradável feita com matéria-prima natural.

– Confete: se você vai às ruas, evite o uso de confetes e serpentinas. Esses enfeites se misturam com outros resíduos e podem até entupir bueiros, dificultando o escoamento das águas pluviais e gerando enchentes. Para quem vai fazer a festa em casa, clubes ou ambientes fechados, não tem problema usar o confete, mas faça o seu próprio enfeite em casa usando revistas e jornais velhos. No fim da festa é só varrer o espaço e descartar junto com os resíduos recicláveis.

– Poluição sonora: lembre-se que não é todo mundo que gosta do Carnaval, festa e música alta. É importante criar um equilíbrio entre os que gostam da folia e os que querem descansar. Como se trata de uma festa que acontece normalmente na rua, se divirta com consciência e respeito ao próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>