Dia do Petróleo Brasileiro (3/10)


Foto: iStock

Hoje (3/10) é comemorado o Dia do Petróleo Brasileiro, mineral presente em diversas atividades e produtos do seu dia a dia. Essa data foi instituída no calendário em 1953, quando o presidente da época, Getúlio Vargas, sancionou a Lei 2004, que criou a responsável pelo recurso no País Petróleo do Brasil SA, atual e mais conhecida como Petrobras. O petróleo é um óleo natural formado dentro de rochas sedimentares, originado a partir da decomposição de matéria orgânica. Fundamental como fonte de energia, para o funcionamento de carros, entre outras coisas, o exagero na extração, transporte, refino, consumo e, às vezes, até acidentes envolvendo esse mineral vem trazendo problemas graves para o meio ambiente e o planeta. Por isso, é importante falar sobre ele. Acompanhe abaixo tópicos para entender mais sobre o petróleo:

Importância do petróleo
O mineral é a principal fonte de energia do planeta, sendo responsável por 35% do total. Sua principal utilidade vem sendo na formulação de combustíveis automotivos, como a gasolina e o óleo diesel, mas também tem participação no funcionamento das usinas e na fabricação de plásticos, tintas, borrachas, sintéticas e outros produtos.

Problemas ambientais
Mesmo com suas importâncias e utilidades, a falta de controle e possíveis vazamentos na exploração do mineral estão causando diversas catástrofes ambientais. Veja alguns dos problemas:
– Grande parte das plataformas de extração de petróleo está localizada em alto mar, caso aconteça um vazamento, o produto se espalha rapidamente pelo mar, contaminando a água e ameaçando a vida das plantas e dos animais marinhos. Além disso, as aves também sofrem com essa questão, o óleo se acumula nas penas, fazendo com que elas não consigam mais nadar e se afoguem.
– O vazamento afeta toda a cadeia alimentar, já que o plâncton é a primeira espécie a ser contaminada, como ele serve de alimento para os peixes, os animais também são ameaçados. Os humanos se alimentando de peixes, também acabam contaminados.
– Quando o petróleo vaza no mar, ele funciona como uma mancha negra, logo, bloqueia a passagem de luz e do calor do sol, impedindo as algas de realizarem a fotossíntese e, por consequência, diminuindo o oxigênio da água, causa da morte de inúmeros peixes.
– O vazamento na água é extremamente perigoso também para os humanos, que consomem não só o líquido, mas também os animais que vivem nela.
– Fora do mar, o óleo libera dióxido de carbono e outras substâncias nocivas às plantas, animais e seres humanos. Entre as consequências estão a poluição e a Chuva Ácida.

Como ajudar
Existem formas e atitudes de minimizar os estragos. Nos acidentes, por exemplo, são usados dispersantes, absorventes sintéticos, absorventes naturais e absorventes para óleos viscosos. No caso da produção de produtos poluentes, métodos de economia são fundamentais. A prevenção é sempre a melhor forma de diminuir os impactos, acompanhe algumas dicas:
– É importante investir em medidas preventivas rigorosas contra acidentes em plataformas de petróleo, assim como em uma fiscalização mais rigorosa do governo, manutenções das plataformas e refinarias. Cobre isso do governo, encontre ONGs que trabalhem em prol dessa causa e apoie.
– Sempre que possível, deixe o carro na garagem. Você pode sair de ônibus, carona solidária com o pessoal do trabalho/faculdade, bicicleta e até a pé quando a distância não for tão longa, além de ajudar no meio ambiente, você estará fazendo bem para a sua saúde.
– Também sempre que possível, escolha por produtos que não venham em embalagens ou componentes de plástico, que são derivadas do petróleo.
– Invista em frutas e verduras orgânicas, como já falamos por aqui, além de mais saudáveis, muitos dos fertilizantes e pesticidas utilizados no plantio vêm do petróleo.
– Os produtos de higiene e beleza também podem ser avaliados. Xampu, sabonete, condicionador, maquiagens em geral, esmalte, entre outros, muitas vezes são fabricados com derivados do petróleo e contêm microplástico. Hoje no mercado já é possível encontrar todos esses produtos citados com uma formulação mais natural.
– Já pensou em experimentar os produtos locais? Eles evitam o transporte em veículos movidos por combustíveis à base de petróleo e, além disso, são a chance de conhecer boas produções feitas pertinho de você.
– Evite o consumo de plástico e produtos descartáveis. Eles são altamente poluentes, não se decompõem e ainda exigem maior produção de petróleo.
– E claro, por último, mas muito importante, sempre reutilize e recicle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>