Como reformar uma casa morando nela?


Foto: iStock

Poucas famílias têm a possibilidade de sair de casa no momento da reforma, o comum é os moradores precisarem lidar com as inúmeras dores de cabeça, como poeira, barulhos e pertences amontoados na sua moradia durante esse período. Neste caso, para concretizar os novos projetos, repaginar e conquistar o tão sonhado lar, não existe outro jeito, é preciso enfrentar as obras, exercitar a paciência e se planejar muito bem para que tudo ocorra da melhor forma possível. Junto com o planejamento, existem outros cuidados práticos que, quando aplicados, fazem sua obra ser mais organizada e menos estressante. Separamos oito deles, acompanhe:

1. Planejamento: qualquer obra ou mudança deve começar pelo planejamento. Coloque cada detalhe no papel, é preciso estar por dentro de todos os processos, etapas, prazos e orçamentos. Com esse cuidado, você terá tudo organizado e em ordem durante a reforma e, caso aconteça algum imprevisto no meio do caminho, conseguirá resolver mais fácil.
2. Um cômodo por vez: segura a ansiedade! A vontade de concluir logo as obras e enxergar os resultados acelera o coração de todos os moradores, mas é preciso ter calma. Se você reformar todos os cômodos da sua casa em uma única vez, não sobrará lugar para guardar os objetos ou até mesmo para dormir. Na hora de montar o seu planejamento, inclua também um calendário para cada cômodo, uma dica é começar pelos quartos, depois passar pela sala. Se tiver dois banheiros, faça um de cada vez.
3. Paciência: o momento é demorado e vai mudar toda sua rotina, muitas vezes sairá da sua programação e você terá que lidar com algumas surpresas, mas isso é normal! Se é uma necessidade sua, ou até mesmo um sonho, não deixe de enfrentar as obras por medo do processo. Tenha paciência e resolva tudo com calma. No final, tudo vai dar certo.
4. Bons profissionais: contar com uma boa equipe ao seu lado, com profissionais recomendados e que transmitam segurança é fundamental para que os dias de obra passem ainda mais rápido e sejam concluídos com sucesso. Se informe e pesquise muito bem antes de contratar.
5. Horários: estude sua rotina e organize os horários da obra para que não te atrapalhe tanto. Se você trabalha em casa, por exemplo, tente concentrar a parte de quebrar parede no horário do almoço ou começo e final do dia, assim você evitará barulho excessivo nos momentos de concentração. Tudo é planejamento.
6. Móveis e decorações: se você não tem para onde levar os seus móveis e suas decorações durante as obras, é preciso tomar um cuidado extra! Poeira, paredes quebradas, troca de piso, coisas caindo e sujeira são questões que podem facilmente danificar os seus objetos. Para não correr o risco, tudo o que for de menor tamanho, passe para outros cômodos, o que for grande, a dica é embrulhar com plástico bolha ou até lona, algo resistente e que projeta bem.
7. Portas, pisos e parede: assim como os móveis e objetos de decoração, as portas, paredes e pisos da sua casa também podem ter danificações. Enquanto estiver reformando o cômodo, faça a proteção e garanta a segurança de todos esses detalhes.
8. Rotina de limpeza: não adianta, reforma é sinônimo de sujeira. Durante esse período, sua casa estará cheia de lixo e sujeira todos os dias, por isso, não deixe acumular. Combine com os responsáveis da obra que ao final do dia todo o lixo seja retirado. O ideal é contratar uma caçamba para ter onde depositar os entulhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>