Como não desperdiçar água da piscina no Verão?


Foto: iStock

Há menos de um mês para a chegada do Verão (22/12), o clima da estação mais alegre do ano já está no ar. Os dias já estão anoitecendo um pouco mais tarde, o calor está voltando e, logo, chegam as tão esperadas férias do trabalho e o fim do ano letivo das crianças. É o momento de ser feliz, aproveitar os dias de descanso, relaxar e curtir com a família. Uma aliada nesses dias de calor é, sem dúvidas, a piscina, que, além de refrescar, proporciona brincadeiras e diversão. Se divertir é bom demais, mas não podemos deixar algumas preocupações de lado. Não é novidade que o gasto excessivo de água vem trazendo alguns problemas para o planeta e, nessa época do ano, a situação é ainda pior. Você sabia que a piscina, quando não cuidada, pode gastar até o triplo de água? Além de pesar para o meio ambiente, também pode apresentar impacto na sua carteira. Para se divertir e não ter esse problema, algumas dicas podem te ajudar a evitar o desperdício de água. Veja:

– Cobrir a piscina: no Verão os dias são muito quentes, você sabia que pode perder cerca de 189 litros de água por dia deixando a piscina descoberta? Para evitar essa evaporação e o desperdício de água, que tal cobrir a sua piscina enquanto não estiver utilizando?

– “Bombas de águas”: se jogar na piscina formando uma “bomba de água” pode ser muito divertido entre as crianças e grupos de amigos, mas, além de não ser totalmente seguro, também joga boa parte da água para fora da piscina. Que tal criar novas brincadeiras?

– Limpeza da água: as coberturas das piscinas já auxiliam para manter a água limpa, mas, além disso, você também pode recolher folhas e outras sujeiras com as peneiras próprias para limpeza. Dessa maneira é possível reutilizar a água várias vezes antes de trocar por uma nova.

– Bomba de filtro: realizar as revisões necessárias na bomba de filtro é uma boa medida para se certificar que o mecanismo da piscina está funcionando corretamente. Quando não funciona de forma correta, pode ocasionar o desperdício e a má qualidade da água.

– Transbordamento: muitas famílias acabam enchendo muito a piscina e não percebem que boa parte dessa água vai transbordar e ser automaticamente desperdiçada. O ideal é deixar a altura da água limitada até 15 centímetros da borda. Assim, mesmo nos dias mais agitados e com muitos frequentadores, o nível da água não sobe além da borda.

– Vazamento: muitas vezes, um pequeno vazamento pode passar despercebido e acarretar no desperdício de água. Por isso, verifique periodicamente se não há vazamentos e outros pontos de fuga de água. Além de garantir economia, você também estará garantindo a estabilidade estrutural da piscina, que fica comprometida quando há esse problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>